Como adaptar cães e gatos?

Por junho 19, 2019Dicas

Ainda faz parte do senso comum achar que cães e gatos são inimigos naturais e não podem conviver em harmonia – mas isso é um grande equívoco!

Com muita paciência por parte do tutor, e fazendo esse processo da forma certa, é possível fazer com que esses dois amiguinhos até criem um laço de amizade.

Para saber como fazê-lo, confira as dicas abaixo.

 

Antes de apresentar os dois

É importante que o primeiro contato traga o menor risco possível aos envolvidos. Por isso, é fundamental que o pet que já está na sua casa esteja muito bem alimentado, tranquilo e com as unhas aparadas, no caso dos gatos, para evitar machucados se houver agressões.

 

No momento de apresentá-los

É importante que o que já está na casa tenha preferência ao recém chegado, para não gerar sentimentos de rejeição.

Coloque-os a uma distância segura e deixe que interajam.

Se perceber agressão por parte do seu amiguinho felino, deixe o cachorro, em um primeiro momento, preso na guia para que a interação não gere machucados.

Caso o cachorro apresente agressividade, prenda-o na guia e o distraia com outra coisa. Depois, solte o gato e deixe que ele ande a uma distância segura para ver a reação. Se a agressividade persistir, dê umas puxadas na coleira, a fim de sinalizar ao animal que ele não deve latir ou atacar o gato.

Faça com que cada um tenha seu espaço

Cães são predominantes, estando acima dos gatos na hierarquia animal, contudo, gatos são extremamente territorialistas e solitários, o que faz com que eles tenham a necessidade de ter um lugar pra si.

Por isso, é importante que as camas, vasilhas de água, comidas e brinquedos fiquem em lugares diferentes, para que eles sintam que têm a sua individualidade respeitada.

 

Estimule a amizade

No início, o que pode ser complicado, poderá virar uma linda amizade repleta de companheirismo.

Por isso, é importante que você, tutor(a), incentive a amizade entre os dois pets, fazendo brincadeiras juntos e dando atenção igual aos dois.

 

Gostou de saber um pouco mais sobre?

Saiba que um(a) veterinário(a) pode te ajudar nessa missão, te dando orientações preciosas para essa adaptação. Por isso, se tiver com problemas, consulte um(a).

 

Acabei de adotar um gato! O que fazer?

Confira as 4 raças de cachorros mais fáceis de adestrar

Cachorro e chocolate: saiba por que essas duas palavras não combinam

Amor de gato: 10 formas que os felinos demonstram afeto

Newsletter Céu de Patas

  Quer saber mais sobre nosso serviço? 

QUERO RECEBER
Fique tranquilo. Nunca enviaremos SPAM ou informações desnecessárias.
Céu de Patas

Autor Céu de Patas

Mais posts de Céu de Patas
Newsletter Céu de Patas

  Quer saber mais sobre nosso serviço? 

QUERO RECEBER
Fique tranquilo. Nunca enviaremos SPAM ou informações desnecessárias.
Gostou da Céu de Patas? Compartilhe com seus amigos e familiares